Fobias

Ataques de Pânico

Depressão

Regressão

Progressão

Dieta

Deixar de Fumar

Outras Terapias

 

 

 

 

 

ATAQUE DE PÂNICO:

Surge com um temor, associado a perda de controlo. Os sintomas são nomeadamente, falta de ar, aceleração cardíaca, dor ou desconforto torácico, impressão de asfixiamento, dissociação (como se o pensamento estivesse distante) e receio de descontrolo.  A Agorafobia é o evitamento de locais ou situações das quais poderia ser difícil (ou embaraçoso) escapar, no caso de ter um Ataque de Pânico, está muitas vezes associada aos ataques de pânico. Clinicamente, são trabalhados não só os sintomas, mas também o evitamento e a convicção negativa (instalada no momento em que os ataques de pânico foram gerados), para que o paciente possa retornar a uma vida equilibrada e o tratamento seja definitivo. Na fase psicanalítica da terapia, a regressão vem ajudar a trazer ao consciente a situação que originou o ataque de pânico, embora esta possa por si ajudar a fazer uma abordagem cognitiva mais adequada, o mais comum é necessitar de terapia comportamental-cognitiva. A hipnoterapia tem-se demonstrado bastante eficaz no tratamento dos ataques de pânico.